9 dicas para aproveitar o máximo das milhas aéreas

Ana Carolina Menezes Teixeira

Quer viajar e não sabe como? Que tal se beneficiar dos seus gastos mensais para usufruir de uma bela viagem de férias?

Aqui vão algumas dicas sobre como juntar milhas aéreas:

  1. Fique ligado nas promoções

Esteja sempre antenado nos sites de viagem e assine a newsletter das companhias aéreas. De vez em quando você pode se deparar com uma pechincha, desde promoções de ida e volta pela metade dos pontos até viagens que são pagas somente com as milhas acumuladas em uma única compra.

  1. Voos com conexão? Sim, por favor!

Nos programas de fidelidade que convertem a distância das suas viagens em milhas, os voos com conexão são os mais vantajosos porque resultam num maior acúmulo. Até vale a pena demorar um pouco mais pra chegar no seu destino, não é mesmo?

  1. Use e abuse dos Clubes de Milhas

No Brasil existem alguns clubes de milhas bastante reconhecidos no mercado, por exemplo o Clube Smiles. Eles oferecem diversas vantagens como prazos de expiração de pontos maiores e disponibilizam as promoções primeiro para os membros. Através do pagamento de uma mensalidade, os clientes acabam economizando e garantindo pelo menos uma viagem por ano.

  1. Quando possível, compre em empresas parceiras.

Sempre que puder, verifique antes de comprar em qualquer lugar se o estabelecimento (físico ou virtual) possui parceria com algum programa de milhas (Smiles etc.). Acaba sendo um ótimo negócio porque, na maioria dos estabelecimentos parceiros você consegue até o dobro de milhas por Real gasto!

  1. Concentre os pontos em poucas companhias aéreas

Sejamos lógicos, acumulando poucos pontos/milhas em muitos programas de fidelidade de várias companhias aéreas não funciona, simplesmente porque eles não se somam. Ou seja, concentre-se naquelas que mais contemplam o seu perfil ou na sua preferida, assim você consegue juntar todas as milhas em um lugar só.

  1. Comprar de outras pessoas

Se você não tem paciência para juntar milhas ou simplesmente não usa tanto assim o cartão de crédito, dá pra comprar milhas ou transferir pontos de outras pessoas dentro do mesmo programa de fidelidade. Com isso, você ajuda uma pessoa que não iria usar os pontos e completa os seus para a tão sonhada viagem.

  1. Não troque por nada além de viagens

Não caia na tentação de trocar os pontos ou milhas por produtos em lojas virtuais. Aquela batedeira que você tanto quer, ou a bicicleta que o seu filho tinha pedido no final das contas acabam não sendo tão vantajosos quanto esperar e trocar por uma viagem. Essa é a principal dica para quem quer viajar com milhas.

  1. Compare sempre o preço da passagem em dinheiro e o valor em milhas.

Tá na hora de fazer contas né? Muitas vezes você precisa fazer uma viagem pequena e não quer gastar dinheiro, por isso acaba utilizando as tão suadas milhas. Só que na maioria dessas vezes o custo em dinheiro da viagem é menor do que o custo em milhas (taxa de conversão), ou seja, você está perdendo dinheiro se utilizar sempre suas milhas sem verificar qual o melhor jeito de pagar. Ah, a menos que as milhas estejam vencendo, aí fique a vontade.

  1. Concentre tudo no cartão de crédito

Hoje em dia já dá pra pagar tudo no cartão de crédito, desde contas da casa até o pãozinho da padaria. Tudo o que puder, reúna em um cartão só, deste modo todo o dinheiro gasto vai ser convertido em pontos e seu dinheiro vai estar trabalhando pra você poder tirar aquelas férias.

Pronto, seguindo esses passos com certeza sua viagem sai do papel. E então, para onde quer ir?